27.12.10

balanço do Natal

É meus caros,
o Natal se superou esse ano.
Não que no ano passado tenha sido uma bosta,pelo contrário!
Foi no ano passado que,via SMS,eu mandei uma mensagem pro meu namorado dizendo que o amava.
\o/
Eu digo 'se superou' no sentido de,sei la,ter sido mais amplo.
Foi muito gostoso.
Devo ter engordado 2 kilos.
Amanhã começo minha dieta desintoxicante.
Mas,
o que pega é essa coisa de família e parentes e tudo mais.
Conciliar tudo isso não é para os fracos.
E não sei,sabe,eu prefiro juntar tudo numa coisa só..
Odeio ficar separando e ficar tipo 'ai,agora somos só nos e amanhã é outra galera e assim vai'.
Fica praticamente impossível viver assim.

Eu,por exemplo.
Tem a minha família normal,os parentes que vieram,meu namorado,a família do meu namorado...argh
E como nós não estamos juntos desde o sábado passado mas há 1 ano,fica meio tenso cobrir um santo e descobrir outro.
comoproceder/ ?

É,eu também não sei.
É difícil.
Pelo menos pra mim.

Nem vou entrar na discussão do significado do Natal,e ideologias,e fatos históricos,e toda essa papagaiada.
Até porque,eu não iria conseguir me expressar,e no fim o post ia ficar,como diz um amigo,''tão profundo quanto um pires".
HAUHAUHAUAHUHA
Enfim,....

ganhei muitos presentes,e fiquei mega-feliz com todos eles.
comi horrores,cruz credo.

Mas foi bom.
Pra um 2010 tão cheio de altos e baixos,o Natal foi bem,ahn,natalino(?).
E que venha o ano-novo!
que por sinal eu ainda não sei aonde vou passar,rs...

\o/

21.12.10

"Natal de quê? De quem?
Daqueles que o não têm?
Dos que não são cristãos?
Ou de quem traz às costas
as cinzas de milhões?
Natal de paz agora
nesta terra de sangue?
Natal de liberdade
num mundo de oprimidos?
Natal de uma justiça
roubada sempre a todos?
Natal de ser-se igual
em ser-se concebido,
em de um ventre nascer-se,
em por de amor sofrer-se,
ou de morte morrer-se,
e de ser-se esquecido?
Natal de caridade,
quando a fome ainda mata?
Natal de qual esperança
num mundo todo de bombas?
Natal de honesta fé,
com gente que é traição,
vil ódio,mesquinhez,
e até Natal de amor?
Natal de quê? De quem?
Daqueles que o não têm,
ou dos que olhando ao longe
sonham de humana vida
um mundo que não há?
Ou dos que se torturam
e torturados são
na crença de que os homens
devem estender-se a mão?"
(Jorge de Sena,poeta português)


*
Que antes de reclamar do peru que queimou ou do par de meias que você ganhou daquela sua tia, você pare e pense que pra maioria,o Natal não significa absolutamente nada.
Não vou desejar um Feliz Natal.
Vou desejar que você consiga capturar esse espírito natalino e que você consiga agir assim durante todo o ano que se aproxima. Porque ser solidário e ajudar o próximo,por mais que não seja altruísta, deixa o mundo melhor.

Vejo vocês em 2011.

17.12.10

hoje a festa não é sua

É,o ano praticamente acabou. Mais duas semanas e tchau preguiça,tchau sujeira,adeus cheirinho de suor. 2011 vem com tudo. UI.
Por mais que eu tenha feito tudo o que queria esse ano,sempre sinto aquela nostalgia básica de fim de ano. ''Será mesmo que valeu a pena?''
E aí vem aquela coisa natalina.
Família reunida,desavenças temporariamente esquecidas,Jesus vem jantar com a gente e tudo mais. Hipocrisia?
Ah,sempre. Se as pessoas não fossem hipócritas,o mundo estaria num caos ainda maior. É aquela coisa de 'mentirinha branca',sabe?
Depois,vem o Ano-Novo.
Ahhh,o Ano-Novo.
Todo mundo de branco, como na KKK. Lentilha,uva,nozes,damasco,peru,farofa,champagne,e bla bla bla.
00:01 e puf.
Um ano novinho em folha pra gente fazer tudo errado de novo.

E não adianta fazer promessa,pular onda,comer 12 uvas,usar calcinha vermelha.
Eu acho interessante a capacidade que o ser-humano tem de se iludir,achando que o ano que acabou de chegar vai ser como uma página em branco pronta pra ser escrita,do tipo ''ah,apaga tudo o que eu fiz até agora...esse ano vai ser diferente''. como diriam os manos do Brooklyn, ''BULLSHIT,MAN''.
Não,não vai ser tudo diferente.
Vai ser a mesma coisa.
Seu emprego é uma merda,você tá endividado,sua filha repetiu de ano,os impostos ficaram mais caros,o mundo tá praticamente fudido.
Até porque,quando chegar 2011,todo mundo só tem mais dois anos de vida,uma vez que o Sol explode em dezembro de 2012 e vai todo mundo pro saco.

Mas,não sei. No fim das contas,essa ilusão até que é necessária.Senão,se todo mundo fosse desacreditado das coisas, aí sim estaríamos perdidos.Acho que no fundo é bom que todo mundo acredite no ''ano-novo,vida nova''.

Se esse ano foi bom?
Foi.
Ahh,se foi.
Mas prefiro guardar tudo comigo.
Lembranças um tanto quanto simples mas que fizeram toda a diferença.
Pra mim,2010 teve cheiro de pirulito e gosto de batata-frita.
O dia mais importante do ano?
Vários,não dá pra nomear um só.
O que mais marcou?
Hmm,muitas coisas também,não dá pra nomear.

Mas quer saber?
se o mundo acabar mesmo em 2012,eu morro feliz.
aí depois eu volto pra Terra só pra voar de balão.
\o/

13.12.10

dezembro.

Bom,pra começar,vamos do começo.
Dezembro está sendo(odeio gerúndio,mas....) O mês pra mim.
Fui num casamento,em duas formaturas,a peça aconteceu,UFA!
O casamento foi como a maioria dos casamentos.
''na saúde e na doença'' e aquela coisa toda.
Com a pequena diferença de que dessa vez,eu estava acompanhada e não tive que ficar sentada na mesa com os meus pais.hauhauhuhua
Dancei horrores e aproveitei demais.
Sem contar que eu peguei o buquê,mas uma louca desvairada puxou o buquê das minhas mãos e arrancou ele de mim.¬¬'
No dia seguinte ao casamento,eu tinha a formatura do meu namorado.
Que também foi como a maioria das formaturas.
Toda aquela coisa de discurso e homenagens e vídeos da turma.
Foi bem legal.
Com a diferença também de que eu estava acompanhada,rerere.
Passei a noite à base de queijinhos e pães e batidinhas de frutas.
E também dancei horrores.
Tudo isso aconteceu enquanto estava todo mundo louco por causa da estréia da peça que ia ser no próximo fim-de-semana.
Ah,sem contar que nesse fim-de-semana que eu tive duas festas,eu devo ter dormido um total de 5 horas.
Logo,eu passei o fim-de-semana à base de red bull e guaraná.
Acho que funcionou.

Durante a semana que antecedeu a estréia da peça,tive ensaio quase todas as noites.
Sem contar que ajudei a pintar bancos,montar o cartaz,e bla bla bla.
E pra quem não sabe,isso tudo é muito excitante.
A adrenalina fica no teto!

Ai meodeos,chegou dia 11.
Estréia da peça.
Todo mundo com o cu na mão,esperando que corresse tudo bem . E,ufa,deu tudo certo.A platéia riu.
"Fatos Veríssimos" aconteceu.
Depois dos ensaios extras, de stress de diretor e nervosismo dos atores, a peça rolou e passou mais rápido do que eu queria.
É estranho porque,enquanto todo mundo te aplaude e tudo mais,dá uma sensação de vazio do tipo 'afs,já acabou? por que isso não pode durar pra sempre?'
E enquanto eu voltava pra casa ontem,eu chorei.
Chorei porque eu pensei 'tá,mas e agora? e as pessoas que eu conheci e as amizades feitas? tanto trabalho pra apresentar e de repente tudo isso acontece e puf.fim.the end.'
E não,não é uma sensação legal de se sentir.

A peça fez sucesso,isso eu tenho certeza.
Todo mundo arrasou.
Claro que não existe perfeição e erros sempre existem.
O fato é que "Fatos Veríssimos" mexeu comigo de um jeito que eu não esperava.

Isso sem falar que que no dia da estréia,eu tinha também a festa de formatura da minha irmã,eu estava de TPM,com cólica, e em crise porque o resultado do vestibular da FGV ia sair nesse dia e talvez meu namorado ia ter que se mudar pra SP.
Mas, Deus ou sei lá quem está lá em cima, fez com que as coisas não fossem tão tensas como eu esperava.
Tudo deu certo.
Saudades?
Afs,muita.
Montar isso tudo deu trabalho.
Mas valeu a pena.

Ainda vou me encontrar com o pessoal do teatro,porque a gente tirou amigo secreto.
Mas mesmo assim, eu espero continuar saindo com eles, porque não tem nada mais manero do que apresentar uma peça e ganhar uns amigos.
E acho que no fim,é isso que importa.
*

PS: a foto foi tirada por mim,no horário mais lindo do dia,numa quarta-feira enquanto eu ia pro Fábrica das Artes ajudar a montar o cenário.

*
Expectativas para o fim do ano:
Natal e Ano-Novo me deixam angustiada e depressiva.
Acho tudo muito hipócrita e não gosto de mudanças.
São Longuinho,São Longuinho,faça com que eu não surte nesse final de ano que eu te dou 10 pulinhos.

O que eu espero do ano que vem?
que eu seja capaz de falar menos e agir mais.

Vejo vocês por aí.

E AAHH,
nem sei pra quem agradecer,mas,
talvez um obrigada a todo mundo que esteve envolvido nisso tudo,que fez parte desses momentos e que conseguiu me suportar quando eu surtei ou quando eu tive minhas crises.
obrigada Moor, por ainda me querer pelo resto da vida mesmo quando eu brigo com você.

10.12.10

eu te amo. amo?

Parece que com toda essa tecnologia e internet e twitter e o caralho a 4, ficou mais 'fácil' de dizer o que se sente.
Percebi que hoje em dia,as pessoas falam ''EU TE AMO" com uma tranquilidade, que NOSSA SENHORA.
Tá até banal,sabe?
Como se realmente amar alguém fosse fácil.
Eu sei que existem diveeersos tipos de amor, e isso eu não questiono.
Se seu pai diz pra você "eu te amo", não é porque ele é pedófilo ou qualquer coisa do tipo...é que ele te ama como filho,óbvio.
Ou quando os padres dizem que Jesus nos ama.
Sei lá,mas,eu vejo pessoas dizerem 'eu te amo' como se fosse a mesma coisa que dizer 'bom dia'.
Não tem o que falar para a menina?
Diz ''eu te amo".
Não tem o que dizer pro cara da padaria.
Diz "eu te amo".
¬¬'.
E isso me irrita um tanto!
Acho que não tem essa.
Homem não é amiguinho de mulher.
Não acredito nisso nem fudendo.
E vice-versa.
As mulheres,se bobear,são mais FDP que os homens,e elas não se importam em pegar caras comprometidos.
AAAAAAAAAH,que inferno de mundo!
MORRE,DIABO.
Às vezes eu concordo com a minha mãe quando ela diz que esse mundo tá perdido.
Quando eu olho por esse ângulo, onde as pessoas dizem ''eu te amo"com tanta facilidade mas não são capazes de dar um beijo ou um abraço na mãe ou no pai, eu sinto que vai todo mundo pro inferno,sem escalas.
E quando o ''eu te amo'' se torna aquela coisa de ''ainnn,miguxooo,eu te amo demaaaiss''.
QUE UÓ.
PAREM DE DIZER EU TE AMO PRA QUALQUER UM!
Exemplo:
você conhece alguém.
você não vê muito esse alguém.
esse alguém fez parte da sua história.
hoje esse alguém não faz mais.
você nem conversa mais direito com esse alguém.
você e esse alguém ficam trocando mensagens de ''eu te amo'' como se namorassem à distância.

blah.
não faz o menor sentido pra mim.
que raios de amor é esse que você nem conversa mais com a pessoa?
não é capaz de pegar o telefone e ligar pra ela pra ouvir a voz?
'''aaaahhh,mas com internet fica mais barato''.
concordo.
mas quem realmente ama, não mede esforços para matar a suposta saudades e bla bla bla.
é,acordei revolts hoje.
mas é que isso me deixa muito puta.

Dizer 'eu te amo' não é o suficiente pra provar pra alguém o quão importante essa pessoa é.
Palavras não são nadas comparadas às ações.
Até porque,'amar' alguém implica no que essa pessoa FEZ pra que você amasse ela.
Então,antes de dizer ''eu te amo'' como se fosse dizer ''OI'',pense no que realmente essa pessoa significa pra você.
Talvez um 'pouts,eu gosto muito de você' seja suficiente.

Porque amar,gostar,adorar e curtir não são a mesma porra.

*

Só espero que esse finalzinho de ano não seja uma completa bosta.

29.11.10

ainda não...

Ufa,
estamos praticamente em dezembro.
E aí vem aquela sensação clichê de ''NOOOFAAA,COMO O ANO PASSOU RÁPIDOOOO".
E o pior é que passou mesmo.
Comparado ao ano passado,esse ano foi praticamente uma ejaculação precoce.
E não sei vocês, mas eu nem curto,
hauihauhauahuaha.

Enfim.
olhando pra tudo que eu fiz e pra tudo que aconteceu, posso me dar mais do que satisfeita.
e olha que no ano-novo no ano passado(Q) eu não fiz simpatia nenhuma.
vai ver foi por isso que tudo que eu queria que acontecesse, aconteceu.
passei no vestibular(Unesp e Unicamp), até agora emagreci 7 kilos(fuck yeah), e meu namoro vingou.
quer mais?
entrei pra academia, voltei a fazer teatro e comecei a fazer francês.

OU SEJA,
fiz praticamente tudo que tinha em mente pra esse ano.
pensando bem,voltando àquele papo de fazer simpatia,lembrei que teve um ano,
que eu tomei banho de leite+pétalas de rosa+não sei mais o quê pra arranjar namorado,e o máximo que consegui foi ficar amiguinha de um cachorrinho,hauhauhauaha.

simpatias não funcionam,fikdik.

eu sinto que foi sim um ano produtivo.
experiências pelas quais nunca pensei que poderia passar.
mas aí, chega o Natal e com ele toda essa 'boa' hipocrisia de fazer bem ao próximo,e peru da Sadia, e alegria,e todo mundo dá o dedinho e fica tudo bem...
eu nunca sei se gosto disso ou não.
por um lado é bom.
esquecer que se tem problemas faz bem de vez em quando..
achar que as pessoas são perfeitas e o mundo é cor-de-rosa.
sei lá.
ao mesmo tempo que me irrita, é estranho porque o 'espírito de Natal' me contagia muito.
mas depois passa,e você volta ver o mundo todo cinza.
nem curto.
mais pra perto do Natal eu coloco um poema aqui que resume bem meus sentimentos.
*

Quanto a esse 'esquenta' pro fim do ano,
posso dizer com o peito estufato de ar: PQP, esse foi um dos melhores anos que eu já vivi!
tá,eu não vivi muito ainda,e com certeza muitos anos bons virão.
agora,
eu tenho um certo medinho...
pela minha breve história de vida,
se um ano foi bom, o próximo vai ser uma bosta.
fikdik (2)
*

só espero que,
esse último mês de 2010 me traga mais alegria do que tristeza, porque as coisas podem estar só começando............................

23.11.10

prove desse falo

Este post vai ser pura propaganda.
Como não é do conhecimento de todos, eu faço teatro há uns dois anos e meio.
Nesse fim de ano, vamos ter a apresentação final do curso, e vamos encenar Veríssimo.
Pra quem não sabe, ele é um cronista gaúcho baixinho e gordinho que escreve sobre aquilo que há de mais animalesco: o homem.
Sim,meus caros.
A peça vai falar do homem e vai colocar uma lupa em cima de todos nós, mostrando nossos defeitos.
Se você conhece a origem do riso, sabe mais ou menos que quando rimos de alguma coisa, há a possibilidade de rirmos por já termos passado por tais situações, e porque o defeito de quem está no palco também é o defeito de quem assiste.
Não quero dar muitos spoilers, mas sou taurina, não consigo guardar segredo,rs..
Nosso espetáculo vai ser baseado em várias crônicas do Veríssimo, começando por cenas rápidas e que depois se dividirão e falarão das diferenças e conflitos entre homens e mulhers, o casamento, os filhos e os amantes.
OU SEJA,
acho bom todo mundo ir assistir.
Se você não rir, não é porque nós somos ruins, mas é você que não entendeu a piada.
Pra quem for assistir, sugiro que vá com a seguinte pergunta na cabeça: afinal, quem são os palhaços?

20.11.10

Argh, tem hora que eu canso de abrir essa porra de página e não conseguir escrever nada...
É que quando eu acho que minha vida tá numa nice, não tenho o quê escrever, a quem chingar..e nem tenho motivos para me revoltar.
E é assim que é.
O ano está no fim e aííí sim eu vou postar loucamente por aqui.
Altos posts sobre Natal,Ano Novo e um post com um balanço geral do ano.
Do mais,
é bom ver que as coisas parecem mais ou menos encaminhadas.
Ou elas não estão mas eu prefiro acreditar que sim.

E é isso.
Fim de ano com altas festas,altas decisões e tudo mais que um fim de ano promete.
Vejo vocês por aí.

11.11.10

oi,tudo bem?

Ele a viu assim que entrou no salão. Era a moça mais linda da festa,que iluminava o salão só ao sorrir,seus cabelos castanhos e levemente ondulados que iam até a cintura
AHHH,PARA COM ESSE PAPO DE PRINCESA DA DISNEY!
Era a mulher mais gostosa que ele havia visto!
Sem contar que ele estava deprimido..a namorada havia dado um pé em sua bunda assim que ela soube que não era a única a ouvir 'eu te amo'. Ok,ele era um tanto quanto promíscuo,não acreditava nessa idéia de que o homem é de uma só mulher.Ele levava em conta a quantidade de gametas que produzia por dia e era assim que funcionava.
Passou a noite inteira atrás da garota, que por sinal andava com uma outra amiga não tão bonita assim.
Ao passar pelo bar,percebeu que ela estava lá sentada apreciando um Martini com cereja.Achou um tanto quanto gay,mas ela era mulher e martini era bebida de mulher.E de gays.
-Oi,tudo bom? arriscou dizer ao sentar-se do seu lado.
-...
-Gostando da festa?
-Se eu estivesse gostando não estaria aqui bebendo,rs...
-Uii,que mulher ácida,é assim que eu gosto... -disse suavemente ao passar a mão em suas pernas...
-Sou travesti- afirmou categoricamente ao colocar a mão do rapaz no meio de suas pernas.
*

É,hoje em dia tá foda.
HIUAHAIHAIUHAIUHIAUHAIHAIUA.
mas Q
nem sei porque escrevi isso.
acho que no fundo é pra dizer que por fora bela viola,por dentro,há um pinto pequeno.
QQQQQQQQQQQ
tomei dramin antes de escrever esse post.
ou não.
ou é a TPM falando mais alto.
ou não.

esse ano completo 1 ano com o meu namorado,ieeeeeeeeeeeeei
\o/
vamos comemorar em grande estilo tomando milk shake na avenida Brasil,bjs.
atóron.
do mais,
estou indo embora,baby baby.

9.11.10

revolts

Sério,eu não sei mais o que fazer, como agir, e o que pensar.
Meu sentimento chegou a um ponto que, eu dependo extremamente de você pra tudo.
Sei o quão errado é isso, sei que isso não faz bem pra uma relação...
Sou muito possessiva, sempre fui, e acho que sempre serei.
Ou não...
Não sei mais diferenciar aquilo que faz parte da minha personalidade daquilo que eu deveria mudar...
Está tudo muito difícil pra mim.

Já li trinta mil tutoriais e reportagens e respostas do Yahoo acerca de 'como ser menos possessivo ou ciumento'.
Eu juro que tento.
Mas minha insegurança fala mais alto.
Meu medo de perder você grita cada vez mais.
Tudo que eu queria era eliminar esses meus defeitos pra que tudo aquilo que a gente construiu nesse quase 1 ano juntos não seja jogado fora por conta das minhas neuroses.

Ah como eu queria que
nada mais existisse,a não ser nós dois.
Como é difícil pra eu aceitar a verdade de que ninguém é dono de ninguém...
Preciso de ajuda.

E,assim como você, eu também quero passar minha vida ao seu lado..
Você sabe que eu faço altos planos pra nós dois,apesar de ninguém acreditar neles...
O problema é que,
por mais que a gente se ame, você não pode negar o fato de que estamos em fases de vida diferentes...
Você, no auge de tudo, querendo curtir e sonhar e fazer tudo que tem pra fazer, acaba por se sentir preso à uma mulher cheia de inseguranças e medos e que já cansou de procurar pelo cara certo uma vez que ela tem você.

Eu preciso aprender a deixar você livre,isso é fato.
Só não sei se estou preparada.
Não sei se vou aguentar ver você todo livre leve e solto até que sua vida se estabilize.
Não sei se aguento,sério.
Não disse que não vou tentar,que fique claro..

E, se eu sugeri que déssemos um tempo, foi por amor.
Eu preciso ver se aguento tudo isso antes que a água bata na bunda pra eu aprender a nadar.
E por mais que a água já tenha começado a subir, ela ainda está nos tornozelos, então eu não estou tão desesperada assim pra mudar de uma hora pra outra.
Não quero que chegue o ano que vem e eu perceba que não aguento.
Preciso de um treino.
E se tudo que eu senti ontem foi por causa desse treino,
eu posso te dizer que acho que não vou aguentar sentir tudo isso durante meses,toda semana,ao ver você embarcar num ônibus pra voltar dali 5 dias......

Você é livre,sempre foi.
Eu é que enxerguei tudo errado.
E não sou eu que vou impedir você de fazer as coisas.
Quem sou eu,afinal?
Não quero ser vista como a 'namorada egoísta,possessiva e ciumenta' apesar de eu ser assim...
Como se eu gostasse de ser assim....

Acho que no fundo,
eu quero dizer o seguinte:
vá,sê livre.
faça o que você deve fazer.
o que você quer fazer.
só não me peça pra ficar bem,
só não exija que eu não chore...

Eu vou tentar mudar.
Por nós dois.
Mas não vai ser nada fácil.
Eu vou brigar,fazer drama, e muita tempestade...
Isso porque eu não sei mais como agir.
Uma luta interna se instala dentro de mim.
Parte de mim sabe de tudo isso,de maneira muito racional..
A outra é de uma ira e de uma frustração sem limites.

Ontem, foi como se Deus tivesse enfiado o indicador na minha cara e tivesse me dito "Tá vendo, eu disse pra você que ele era livre e você não era a dona dele...e agora você vai ter que aprender na marra".
Ou como se o capeta tivesse pego meu coração e furado ele inteirinho, ao mesmo tempo que ria e dizia ''Vai,sofre aí...ninguém mandou ser possessiva".
Sofri demais,e passei a noite chorando.
Você sabe que não é a viagem em si.
É o que ela representa pra mim.

Você sabe que eu te amo.
Muito e pra sempre.
Eu só não sei como vai ser....

5.11.10

falássemos

Eu posso estar errada.
Mas acontece que,de uns tempos pra cá, parece que todo mundo acha que deve falar o que pensa, porque no passado tinha a ditadura e bla bla bla, e está todo mundo afim de quebrar regras e que se foda o resto e que tomo mundo tem liberdade de expressão e pode falar/fazer o que pensa.

Acontece que, não é que eu discorde disso tudo.Pelo contrário.
Acho sim que devemos falar o que pensamos acerca de todos os assuntos. Debater faz bem.
Poréémm....o que vem acontecendo é que com essa moda de 'falo o que eu quero', está virando um caos!
A verdade dói,caros leitores.E ninguém gosta de ouví-la.
Exceto alguns casos.

Não há problema algum você discordar da opinião do outro, mas a partir do momento que você quer impor sua verdade como se ela fosse absoluta e começa a 'rebaixar' a opinião alheia e até mesmo ficar muito puto uma vez que o outro não concorda com você,aí meus caros, é que a minhoca fica indignada(vide poema "Achado" de Drummond).

O seu direito de falar o que quer acaba assim que o outro se sente ofendido.
E é assim que é.
Aí você se pergunta o porquê.
Porque,amigos, a sociedade precisa de regras pra mais ou menos funcionar e pra ninguém sair matando o outro devido às diferenças ideológicas.E mesmo com toda essa 'verdade social', guerras ainda acontecem, mortes e tudo mais também porque ninguém aceita as diferenças.
Não é aceitar no sentido de se conformar ou aceitar,mas no sentido de 'ok, não concordo mas respeito'.
E acho que é uma questão de maturidade saber discernir se tal momento é apropriado ou não pra determinados comentários...

Eu já dei muita bola fora e me arrependo profundamente disso.
Ainda dou, na verdade, e acho que só com muito tapa na cara eu vou aprender a calar a boca.
Não precisa se revoltar porque ninguém concorda com suas opiniões ou porque você não concorda com a opinião do outro.
Seja adulto,ouça, reflitäo, e se não servir pra nada na sua vida, se não te acrescentar a menor coisa,delete!
E pronto e acabou.

Não precisa brigar.
Regras existirão sempre,porque o ser-humano é animal e instintivo por natureza,e se as regras não existissem,íamos morar na floresta ainda, comendo uns aos outros.

EI,AINDA EXISTEM POVOS ASSIM!

Do mais,
cale a boca e escute.
não precisa retrucar.
a língua é arma mais poderosa que o ser-humano possui,e muitas vezes ela machuca e não há milagre que cicatrize.......

um fim-de-semana extremamente silencioso pra vocês.
e pra quem for prestar ENEM,
pensa que a prova é do governo,e nunca a alternativa certa vai ser uma que o critique.



bjosmeli

3.11.10

neuras

Todo mundo gosta de falar que odeia as coisas.
''odeio legumes, odeio filmes românticos, odeio pagode, odeio Restart, odeio o Faustão, odeio domingo, odeio segunda-feira, odeio trabalhar''.
Mas você percebe que as coisas que as pessoas odeiam geralmente também são o ódio mortal de várias outras pessoas??
Ou então aquilo que você adora.
É sempre a mesma coisa.
Minha pergunta é: o que você odeia/adora que é um gosto ou desgosto só seu?
Pequenas coisas que mais ninguém dá valor, ao passo que você entra em êxtase ou danação quando acontecem...
Aqui vai a minha lista, e fikdik pra vocês treinarem e fazerem a sua própria lista.
É um exercício gostoso e que ao mesmo tempo faz com que você se descubra.

Odeio:
-quando estou com blusa de frio,lavo o rosto, e a água escorre pra dentro das mangas
-quando eu erro quem é o assassino em filmes de terror
-quando não estou com uma câmera ou um gravador por perto pra registrar certos momentos
-quando um livro tem um título mega-atraente mas o enredo é uma bosta
-quando acaba o pedaço de pizza do sabor que eu gosto
-quando o controle do portão não funciona
-quando meu pai bloqueia os canais de filmes e eu não descubro a senha
-quando eu fico suada e meus peitos ficam molhados
-quando fico com lombriga de alguma coisa por mais de 3 meses
-quando estou com pressa e acabo quebrando a unha
-quando eu ligo o rádio e a música que eu gosto está no fim
-quando tenho sono quando não devia ter
-quando não sinto sono quando deveria sentir
-quando eu queimo o arroz
-quando eu pego uma flor e acho que ela vai durar pra sempre mas ela sempre seca dali umas 2 horas
-quando tá muito quente e tudo parece muito empoeirado, até mesmo as pessoas
-quando a minha garrafinha de água fica com um cheiro estranho no bico
-quando minha calça fica caindo
-quando a roupa que eu gostei não está disponível no meu número
-quando ligo pra casa errada
-quando estou no shopping com minha mãe e ela pára e eu continuo andando, aí eu sempre acabo conversando com um estranho achando que é minha mãe
-quando tem um pernilongo no quarto mas quando eu acendo a luz eu nunca acho o maldito inseto
-quando o papel higiênico é folha simples


UFA!


Amo:
-quando o céu fica todo colorido lá pelas 17h40
-quando o dia amanhace friozinho e nublado e eu não tenho aula
-quando eu faço comida e fica gostoso
-quando eu acordo me sentindo bonita
-quando meu namorado me rouba um beijo
-quando eu vejo um casal de pombinhas nos fios elétricos de um poste
-quando uma velhinha dá um sorriso
-quando eu consigo engolir a gema de um ovo de uma só vez
-quando eu encho o copo d'água e tomo tudo sem respirar
-quando eu estou com o fone de ouvido e as pessoas ao meu redor estão andando no ritmo da música
-quando eu descubro um sabor novo de sorvete
-quando eu acho um guarda-chuvinha de chocolate pra comprar numa padaria qualquer
-quando eu acho uma música que transmite exatamente o que eu estava sentindo e não conseguia verbalizar
-quando eu ligo o rádio e está tocando AQUELA música
-quando meu namorado dorme de costas e eu fico alisando os ombros dele
-quando eu e meu namorado andamos de mãos dadas numa tarde qualquer depois de suar litrus na academia
-quando meu pai diz que eu ainda sou a menininha dele
-quando meu horóscopo dá certo
-quando eu vejo uma formiga carregando uma folha
-quando eu consigo ser legal com os outros
-quando um filme tem 3 horas de duração e ele me prende do início ao fim
-quando consigo pensar rápido e dar uma tirada em alguém
-quando eu dirijo sozinha, com os vidros abertos e Backstreet Boys rolando alto no meu som
-quando eu durmo bem sabendo que no dia seguinte já é sexta-feira
-quando eu molho as plantas e eu formo um arco-íris com a mangueira e a luz do sol


UFA 2

e aí,
não é tão tenso assim fazer uma lista desse tipo,né?

bjosmeli
e presta atenção às pequenas coisas que te irritam.
você vai perceber que de certo modo, você é meio neurótico.

1.11.10

do you have any?

Arrependimentos.
Quem não tem que atire uma pedra filosofal. 
Não importa a natureza do seu arrependimento.
Você errou e depois se sentiu culpado.
Você namorou aquela(e) menina(o) e até hoje não sabe explicar o porquê.
Você comprou uma iguana e também não sabe o porquê.
Você bebeu além da conta e está com vergonha mesmo depois de 3 dias do acontecido.
Você escolheu o curso errado,a escola errada, o emprego errado.
Você é fã de Justin Bieber.
Você pintou o cabelo e não gostou da cor.
Você comeu um doce e estragou 4 dias de dieta sem carboidratos.
Você deveria ter beijado aquela pessoa, falado com outra, pedido desculpas pra outra, brigado com outra, confortado outra....e não fez nada disso.
É caríssimos...ninguém te impede de errar.
No máximo o que você recebe são avisos.
Mas quem disse que a gente ouve?
A gente só acerta quando a gente erra.
Ou não.
Ninguém nasce sabendo, isso é fato.
Errar uma vez é normal...até duas ou três, vai...
Mas errar sempre e muito frequentemente, é burrice e cabeça-durice(Q)
E teimosia também.
Achar que ao ouvir o conselho dos outros você fica sem personalidade, você vira um mero capacho sem vontade própria.
Acontece que não é bem assim.
As pessoas avisam e dão conselhos por alguns motivos.
Ou porque elas já passaram por isso e sabem o que vai acontecer ou simplesmente porque gostam de dar lição de moral,vai saber...
*
Meu ponto é: há um lado bom nisso tudo.
Você erra e se arrepende.
Pior seria se você errasse e não se arrependesse.
Porque aí você seria um psicopata em potencial.
Outro lado bom é que depois do erro, sempre vem o arrependimento, e consequentemente, a vontade de não errar mais.
Vem o amadurecimento.
Errou?
Tá, poderia ser pior.
As pessoas te perdoam.Ou melhor, seus amigos e parentes.
Ou não.
Perdoar também é bem complicado dependendo do erro....
mas enfim...

eu errei aos 17 e fiz a mesma cagada aos 20.
burrice?
com certeza.
e me arrependo.
muito.

álcool??
só daqui um ano.
beijos.

28.10.10

''Querido diário,

Há anos não escrevia!
E wow, tanta coisa pra contar....nem sei por onde começo.
Ahn,vejamos.Da última vez eu devia ter uns 14 anos, estava na 8ª série. Agora tenho 20 e estou na faculdade,iei!
Lembra de todos aqueles meninos que eu citei? Pois é, não fiquei com nenhum e muito menos namorei.
Acontece que quando o destino(se é que eu acredite em um) já tem um plano mais ou menos certo, não tem o porquê ter pressa.
Lembra também de como eu falava mal de todo mundo? HAuahuahuaa, é, ainda falo.
Mas agora eu falo de modo argumentativo, e não apenas por raiva,rs...
Enfim...
Todo mundo cresceu. E dá uma saudade cinzenta pensar em como o tempo passou rápido demais e eu nem vi. Minha irmã se forma esse ano. A menor já está com 10 anos.
Credo. E eu achando que não existia essa coisa de efemeridade da vida.
Sabe o que não mudou,Di? Meu gosto por Backstreet Boys,hauhauhauha
Sim,eles ainda existem e fazem shows e gravam Cd's.
Por falar nisso, eu fui num show deles,acredita? Um dos melhores dias da minha vida até agora! Foi inesquecível. Tudo bem que eu segurei meu xixi por mais de 5 horas e chorei até secar.Mas foi bom.
Um dos sonhos de infância realizados com sucesso.
AHHHH, sabe também o que se passa?
Estou namorando.É, e um cara mais novo,além do mais.
Mas eu nem ligo.Aliás, isso nunca foi um problema.
Ele tem 17...e hoje já fazem 11 meses que eu estou com ele.
Tempo pra caramba,né?
Nunca achei que, assim que começasse a namorar, ia durar tanto tempo assim.
Mas noss, aos meus olhos,ele é simplesmente perfeito! Ele toca violão, tem os olhos verdes, a barba ruiva e preta, é cheio de pintinhas(iguais às minhas), tem um sorriso lindo e um coração mais lindo ainda!
Ele é carinhoso,espontâneo,extrovertido, inteligente e aaaaaaah, ele é simplesmente demais.
Sabe aquela coisa de príncipe encantado? Então...
se bem que ele não chegou num cavalo branco, mas ele estava todo de branco no dia em que a gente se beijou,fikdik.
Foi num baile do Havaí.
E quando ele me pediu em namoro,então? Foi no Carnaval. Nunca curti tanto um Carnaval!
Até agora, não dá mais pra contar quantos momentos bons eu passei com ele....e os tristes também...afinal, nós erramos, brigamos, ofendemos, mas no fim das contas, só importa o amor que um sente pelo outro, e aí tudo volta ao normal....
O que tá meio tenso é que talvez ele vá pra São Paulo ano que vem pra estudar, e isso me assusta um bocado.
É que não é justo,sabe? Demorei pacas pra finalmente encontrar alguém e de repente é como se tudo tivesse um prazo de validade...
Já chorei demais por causa disso...talvez seja porque eu pense demais com o coração e de menos com o cérebro.Isso explica porque nunca fui boa em Exatas,rs...
No fundo, eu sei que a gente vai enfrentar tudo isso e tals, mas mesmo assim..........dói.
Porééém,
eu vim escrever pra de certo modo celebrar esses 11 meses com ele.
Foram os melhores, sem dúvida.
Tudo que a gente passou junto...todas as incertezas, os choros, as mordidas, os ataques de cócegas e dos mil beijos, as declarações intermináveis, as risadas, os cinemas, as compras,.......
Você deve achar que eu esteja agindo como uma menina inocente e iludida, achando que tudo isso vai durar pra sempre.
Eu sei que não dura.
Para aqueles que não querem que dure.
Mas pra nós dois, tudo vai funcionar. Imagina só, um menino de 17 anos fazendo altos planos comigo e me prometendo coisas que marmanjões de 25 anos não são capazes de prometer.
E é por isso que eu estou com ele(claro,não sóó por isso)
Porque eu me sinto segura, sinto que nada de ruim vai acontecer.
No fim, o que importa mesmo é o quão disposto nós estamos pra levar isso tudo adiante.
Covardes seríamos se acabássemos com tudo agora pra não sofrermos mais tarde.
Mas a gente nem tentou!
E eu sei que quando acontecer(se é que realmente vai acontecer), a gente vai dar conta sim.
Nós somos competitivos(ok,isso às vezes é um problema,mas deixa tudo mais interessante) e nós não vamos nos dar por vencidos...
Quisera eu expressar aqui, em palavras, o quanto ele significa pra mim....o quanto eu o amo, o quanto eu quero que ele fique pra sempre comigo...o quanto tudo fica mais colorido quanto eu estou ao lado dele...
mas as palavras não dão conta, e Di, só ele sabe o quanto disso tudo!
Porque nessas horas, nós dois nos olhamos, um silêncio se instala, e os dois conseguem traduzir no olhar do outro, o quão grande é o sentimento que sentimos.
Eu o amo.
Demais.
Ele se encaixa em mim como um cabelo de Playmobil.
Na verdade eu me encaixo nele porque eu sou baixinha,rs...
é Diário,ainda continuo com 1,60......
E quem sabe, eu não volte pra escrever em você daqui uns 10 anos, pra te contar o rumo que tudo isso tomou? ''

*
Moor, nesses 11 meses, eu aprendi com você tudo aquilo que demorei 4 anos pra tentar entender.
Quero que fique claro o quão importante você é pra mim!
Eu te amo demais, e pra sempre!
Por mais que agora esteja tudo um tanto quanto tenso e que o ano que vem assuste um pouco,eu sei que a gente vai conseguir lidar sim....um monte de gente consegue!
Sem contar que a gente tem um monte de planos e sonhos pra colocar em prática,lembra?
E não serão alguns kilômetros que vão impedir isso!

''Porque só esse amor incerto é certo em mim''

Te amo!

25.10.10

Como passar na Unicamp

Tutorial pra todos aqueles que pagam pau pra Unicamp e querem passar lá mas morrem de medo da prova.
Vai então algumas dicas de quem passou lá e está por dentro do que realmente rola,rs..

Antes de tudo, esse é um tutorial pra todo mundo que vai prestar um curso aonde a relação cand/vaga seja no máximo 16.
Pra quem quer Medicina, esquece esse post e vai estudar.

1°: leia as instruções!
Sério,pode parecer muito óbvio, mas muitas respostas estão nas próprias perguntas.E muita gente toma no cu porque não sabe seguir instrução.
burícos.

2°: estude o que você não sabe
Se você for da área de humanas, não pense que arrasar nessa parte te garante uma vaga. É preciso manjar, nem que seja um pouquinho, de exatas também. E vice-versa.
Logicamente, você não pode zerar em nada na segunda-fase.
Numa prova que valia 48 pontos, fiz 4.
Prova de matemática,bjs.
Mas passei,bjs.

3°: os corretores não são carrascos. você é que é burro
Sabe quem corrige sua prova? Alunos dos últimos anos de graduação.E eles ganham 3 mil pra fazer isso.
Claro que eles passam por todo um treinamento e tudo mais, mas eles são gente como vocês,candidatos.
E já passaram por isso.
Sem contar que, chingar a mãe deles não vai fazer com que você receba alguns pontos a mais.

4°: Unicamp é só gogó. e etiqueta.
É isso,meus caros.
Se vocês tiverem sucesso e entrarem na Unicamp, vocês verão que nem tudo são flores.Universidade pública é cheia de burocracia, buraco, greve, e tudo mais. Como é tudo muito grande, fica tudo muito fragmentado.Então, pra resolver algum problema ou reclamar pra alguém, dificilmente você irá até a sala do 'diretor' como você costumava ir no seu tempo de ensino médio. Enfim.
Lá não tem ultra laboratórios de última geração e tudo mais.
Meio largado,sabe?
É foda depender de grana do Estado.
Apesar de tudo,ter um UNICAMP no seu currículo faz toda a diferença.

5°: não passou na Unicamp?
Eu sei que é um balde de água fria não entrar numa faculdade.
Mas,respire fundo, estude mais e relaxe, porque vestibular tem todo ano.


\o/

22.10.10

a moda que eu não entendo.

Sério, hoje em dia tá foda.
Qualquer um acha que pode se vestir bem.
''É só olhar o que o povo de Malhação veste''.

Tá,aham.¬¬''
Mulheres, pelo amor de Deus!!!
Aquela calça do MC Hammer NÃO fica bem para gordinhas! Nada contra elas porque eu também não sou nenhuma Gisele Bundchen(é assim?). O fato é que: se você queria esconder as gordurinhas a mais, não vai ser usando essa calça que você vai conseguir esconder.
Sem contar que toda vez que eu vejo uma mulher usando essa calça, eu imagino ela cantando 'You can't touch this'.
Do mais, pra quem tem corpo pra usar esse tipo de calça, vá em frente,acho cool.






Outra coisa que não me desce.
Mulher querer usar roupa que só realça as partes mais feias. Acho que esse povo usa porque tá na moda, mas não é bem assim,PORRA.
Usar o que está na moda não significa dar um Crtl C + Crtl V nos modelitos da passarela para o seu corpo.É uma questão de adaptar o que foi mostrado na passarelas para o seu tipo de corpo, seja ele de qualquer tipo.
Portanto, aquela blusinha sua toooda transparente e rendada não vai ficar legal se você está com MUITOS kilos a mais.
Isso quando as menines não usam um MEGA decote pra chamar a atenção dos caras.E o pior é que funciona.

E tem mais.
Hoje em dia, parece que todo mundo acha que o céu funciona como as luzes de uma boate, e tá todo mundo usando roupas de cores fluorescentes. Problema: o céu continua lindo e azul, e não vai realçar essas cores.
Com listras, regatas, vestidos. Não aguento mais ver o rosa-choque, o verde-limão, o laranja,...tudo MUITO fluorescente. Não desce. Isso quando a gata não tá com uma blusa assim e tá com as unhas pintadas com esmalte fluorescente.MORRI.
Tipo, nada contra a moda tooda colorida, mas há uma graande diferença entre o cool e o brega.
Sou adepta do: quanto menos, mais.















Homens, pelo amor de Jesus na cruz.
Camiseta com gola V é gay demais.Pronto,falei.
Me desculpem, mas a não ser que você tenha MUITO estilo e seja muito descolado, essa camiseta não vai ficar legal. Sem contar os caras que têm o peito peludo e usam esse tipo de decote.Nojinho MODE ON.
E aquelas calças jeans à la pagode?
Cheia de bolsos e zíperes e manchas de tudo quanto é tipo.Muito feio.Muito pagode.
Isso pra não mencionar quando o cara tem luzes no cabelo, fica com o celular pendurado no pescoço e usa uma calça dessas.Vomito litrus.
A não ser que você seja o Gianechinni.Aí pode usar o que você quiser.




Pronto.
Acho que esses são os pontos que mais me irritam quando eu ando na rua.
Num outro post eu falo dos cabelos.
Mas fikdik que eu acho horrível aquelas mulheres de 40 anos que pintam o cabelo( em casa) de um vermelho horrível que não tem nada a ver com nada. E aí elas saem de casa com o cabelo molhadinho, e normalmente o cabelo é enrolado e fica aquela coisa nojentinha.
Tipo o cabelo do cantor do Chiclete com Banana.(chiiiicleeeteeeeeeee). O cabelo dele nunca tá seco!!!!

Tá,eu disse que os cabelos ficam pra próxima.
Então,fikdik.
Entre o básico e ''aquilo que tá todo mundo usando'', opte pelo básico.
Aí você não corre o risco de ser criticado por mim neste blog.
MWHUAHAUHAUAHUHA.

say what?

Não sei vocês, mas pra mim o ano já acabou.
Tá,tá, eu ainda tenho uns 3 trabalhos pra entregar,mas eu faço isso num tapa.
E aí, férias.

Tá,eu sei que eu já disse aqui que não é muito aconselhável que a gente deposite toda a nossa chance de 'felicidade' pra quando as férias chegassem.
É que eu já tô de saco cheio, não é que eu não esteja feliz com o 'momento' de agora.
Fato que também não posso negar.
Está tudo muito confuso.
Não gosto disso.
De confuso já basta "A origem".
Tá,eu nem vi o filme mas li que todo mundo achou moor QQQQQQQQQQQQQQQQQQQQ.

Enfim.
Sabe quando você não tem certeza sobre o que está fazendo?
Ou quando você se arrepende de certas decisões?
O problema não é eu estar sentindo tudo isso.
O problema é a frequência que eu venho sentido isso.
E aí, meus caros, é que a minhoca fica indignada.

Eu tento, juro que tento ser uma pessoa boazinha.
Daquelas que é o sonho de toda mãe de filho homem.
''Ela é pra casar''.
Manja?

Sempre me ofereço pra ajudar, sempre estou disposta à conversar e tudo mais.
Aí você pode pensar: ''AHHH,MAS ISSO É FALSIDADE DA SUA PARTE''.
Não,nem é.
Acredito que seja mais um mecanisno instintivo do ser-humano, pra agradar a família alheia pra que seu futuro reprodutivo seja garantido.
Porque tudo se resume à isso.
Garantir a continuidade da espécie.

Mas não é disso que eu quero falar.
Na verdade nem sei o que é.
E nem sei também porque ultimamente eu escrevo meus posts nesse formato 'poético'.
Acho que é pra dar a ilusão de que eu escrevo poesia,sei lá.
To meio niuba esses tempos.

Tenho muitos defeitos,fato.
Sou preguiçosa, egoísta, invejosa, possessiva.
Mas, o defeito que mais me irrita ter, é aquele do tipo ''vou fazer isso e aquilo outro''.
E nunca faço nada daquilo que eu disse que ia fazer.
Caralho.

É tudo culpa da preguiça, daquele pensamento 'não vale a pena,mesmo'.
E agora, que provavelmente tudo vai mudar, eu to agindo estranho com todo mundo.
E não queria culpar a tpm por isso.
Claro que ela só piora tudo, mas no fundo no fundo,
o motivo pelo qual eu venho sendo grossa com todo mundo, sem paciência, intransigente, e bla bla bla,
é porque eu não estou sabendo encarar isso tudo que está por vir.




Preciso de ajuda.

19.10.10

como deixar um cara sem graça

Hoje tive que ir ao banco resolver um negócio.Adoro esse tipo de programa.Faz com que eu me sinta parte do 'mundo dos adultos',rs..
Enfim,lá fui eu.
O banco estava cheio e tinha umas 10 pessoas na minha frente.E eu não sei o porquê,mas eu funciono como um tipo de ímã para que as pessoas malas venham conversar comigo. ¬¬''
Sentei num sofazinho, e fiquei esperando.
 Pausa:
meu namorado vai ficar meio putin com esse post, mas é que eu fiquei inconformada com a situação e tinha que deixar registrado por aqui,bjs.

Voltando.
Estava lá sentada quando DO NADA um cara saiu do aconchego de sua cadeira pra vir sentar ao meu lado no sofá.
Segue-se então o diálogo que tivemos.
Mas antes, o Juarez tem um recadinho pra gente,né Juarez??  

O bom de fazer teatro e ser antiga frequentadora do bate-papo da UOL é que eu consigo me passar por outra pessoa sem peso na consciência.
Começou assim:
-Nossa, que demora né moça?
(e eu dei um leve sorriso e já vi que o cara estava com segundas intenções..)
-É...
-Rerere, já já você vai ser atendida,né?
-É,rerere...
(alguns minutos de silêncio)
-Você tem horas?
(pego o celular e digo)
-Meio-dia.
-Ainda? achei que fosse mais tarde
-É,mas são meio-dia
(silêncio)
-Como você se chama?
-Wanessa (com W pra ficar mais piriguete,hauhauhaua,....claro que eu nem disse isso..)
(hauhauhauhaua,essa sou eu rindo por dentro na hora de inventar um nome)
-Aonde você mora?
-Werner Plass
-É um condomínio?
-É.
-Quantos anos você tem?
-20
-Que tipo de balada você curte?
-Não gosto de baladas.
-É mais caseira então,rs..
-Aham...
(silêncio)
-É casada?
(é,eu também não entendi essa pergunta dele,já que nem tenho aliança....isso sem contar que quem tinha uma na mão esquerda era ele né,mas fazer o que....)
-Não,eu namoro
-Há quanto tempo?
-2 anos.
-Hm...quantos anos tem seu namorado?
-21.
(huahuahaua,sério,eu estava muito séria por fora,mas por dentro eu estava gargalhando)
-Faz faculdade?
-Aham, pedagogia
-Hmm....
(mais silêncio.. e nisso, eu já era a próxima a ser atendida,quando ele finalmente diz:)
-Você é muito gata...
-É,eu sei.
(HUAHAUHAUHAUAHUAHUAHAUHUAHUH,MORRI)

E aí deu muito certo,porque a moça me chamou e lá fui eu...
Dei uma olhada pra trás e o cara estava tipo 'QQQQQQQQQQQ'
Afss...eu mereço,né?
Então fikdik menines:
por mais mala que o cara seja ao te cantar e/ou puxar conversa, você pode até dar corda pra ele, mas finja ser outra pessoa! É muito mais manero.

Observações:
-eu só não levantei e fui sentar em outro lugar porque não tinha mais lugar e eu não queria ficar em pé com todo mundo me encarando
-eu soube logo de cara as intenções dele porque ele já estava sentado e veio encher o meu saco no sofá
-menines, por mais feio e chato que o cara seja, ser cantada faz um afago no ego,né não?

*
Do mais, semana um tanto quanto conturbada.
Ups e downs.
Mas como diz Chico Buarque,
''a gente vai levando''.
E como eu disse pro meu namorado, ''se você me vir triste, não me peça pra sorrir....apenas me abrace forte, me beije, diga que me ama e que vai ficar tudo bem''.

E esse feriado que não chega???

18.10.10

que mané título o que

É difícil prever o futuro.Até mesmo a Cabocla Jurema(quem mora em Americana já deve ter visto algum panfleto dela colado num poste qualquer) deve ter dificuldade com isso.
A única coisa que dá pra fazer é usar o achômetro.''Ah,eu acho que isso pode acontecer devido a tais condições''.E mesmo assim, tudo pode mudar de última hora.
As coisas podem indicar uma única direção mas do nada surge qualquer coisa que vira tudo de ponta cabeça.E lá vai você tentar se adaptar.

Não gosto quando as coisas mudam.Pior ainda é saber que vão mudar e você não poder fazer nada sobre isso.É brochante,pra falar o português claro. Sem contar a sensação idiota de 'comofas/'

Sem contar também que é tudo muito injusto.
Posso parecer muito mimadinha e enjoadinha e iludida e apaixonada e bla bla bla falando sobre isso.
E sou mesmo.
Demorei trinta mil anos(sou uma múmia,bjs) pra finalmente me sentir completa,de certa maneira.Antes, eu buscava a 'completidade'(q) em outras coisas.E todo mundo faz isso.
Mas é que sabe,
é foda.
Nunca namorei,nunca fiquei longe de alguém que eu gostasse.
E aí do nada,arranjo um namorado e ele já vai mudar de cidade e eu vou ter que aprender a lidar com um monte de coisa.
''aaaaaaaaaah,mas São Paulo é pertinhooooo''.
Foda-se.
Namora à distância você então.

É,to revolts e de TPM.
Sempre acho que ja chorei tudo que tinha pra chorar.Mas aí é só esse tipo de pensamento vir à tona e eu já desidrato.
Parece que foi ontem quando ele me pediu em namoro no Carnaval.E semana que vem ele já vai prestar vestibular.tomanocu
Odeio esse tempo que passa rápido demais.
Daqui a pouco já é Natal.
Daqui a pouco já é 2012 e o Sol já explodiu e todo mundo vai morrer.

Quem disse que a vida é justa?
Não sei não,mas acho que por algum momento eu acreditei que tudo seriam flores.
Ledo engano,meus caros.
A vida tá pronta pra te enrabar.

PORÉÉÉÉÉM,
eu me recuso a desistir fácil assim.
a preferir acabar tudo agora pra não sofrer depois.
sem contar que eu estou sofrendo por coisas que nem aconteceram ainda.
(claro que eu prefiro pensar que elas vão acontecer pra poder me preparar psicologicamente,q)
é que PQP sabe
agora que tava dando tudo certo,
vem um ouriço e pica minha bunda.
nemri/

Nem sei mais o que eu acho.
Estou sem filosofia alguma ultimamente.
Sem religião também.
Não sei mais o que fazer.
''ahhh,curte o hoje,aproveite o tempo que você passa com ele''.
É,como se eu não fizesse isso.
Como se eu não passasse o dia pensando na roupa que eu vou usar quando for sair com ele,ou na cor de esmalte,ou no penteado.
Como se eu não fizesse outra coisa a não ser pensar nele o dia todo.
Seria uma espécie de amor platônico?
é,pode ser.
Sei lá também.

Muita coisa pra aceitar e deglutir em pouco tempo.
Preciso de ajuda.
Preciso de um psicólogo.
Preciso da bengala do House.
Preciso de você do meu lado a todo instante.



Vai ficar tudo bem,né?

13.10.10

8 meses

ÉÉÉ,JÁ SEI.
Poupem-me dos comentários.
(brrrinks,pode comentar! atóron comentários,rs...)
*
*
Dizer o quanto eu te amo já não é mais o suficiente.
8 meses podem parecer nada diante do que a gente já passou.
Tudo que eu sei, é que ao seu lado,eu pude me encontrar,
definir quem eu realmente sou.
Se isso é o que chamam de amor,
então sim, eu o encontrei.
E mesmo eu,
sendo toda quebrada,
com rachaduras e feridas,
consegui alguém como você.
Que me ama assim.
Que me quer assim.
A vida agora parece mais colorida,
mais cheirosa,
mais viva. 
Se olho em volta em busca de apoio,
eu encontro nos teus ombros,
nos teus olhos.
Te amo demais.
A ponto de desistir de mim mesma e viver só por você.
Quisera eu que eu pudesse expressar o que você me faz sentir ao te ver,
ao te beijar.
Porque você sabe,
que eu também te amo assim,do jeitinho que você é.
*
*

''-Eu te amo!
-Ahhhhh n, eu que amo mais.
-argh,tá bom,não vou discutir''

Que esses 8 meses sirvam pra provar pra todo mundo,mesmo que a gente não precise provar nada,que o que importa pra um namoro dar certo não é uma 'semelhança' de idade, mas o quanto você ama e é amado.
Te amo pra sempre!!!

linda Goiânia

Ufa,sobrevivi à viagem.
10h dentro de um carro não são para os fracos.Ainda bem que meu namorado estava junto,rerere.
Goiânia parece São Paulo,só que um pouco mais quente. Enquanto faziam 17 graus em Americana, lá faziam 40. Nenhuma maquiagem resiste MODE ON.

O meu segredo para aguentar a viagem foi: tomei 2 dramins(põe no Google), muitos pirulitos e vários Bubaloos(como escreve? o0' babalu?) Enfim..
No sábado,dia da festa, comecei a me arrumar umas 19h porque sabia que alguma coisa iria sobrar pra mim.Arrumei meu cabelo e minha maquiagem e lá fui eu. Dei uma de cabeleireira/maquiadora e fiz chapinha no cabelo de uma e maquiei 3 pessoas.FUCK YEAH. As maquiagens ficaram muito boas,tá??

Lá fomos nós para a festa.Eu,me sentindo horrível porque meu cabelo não ficou do jeito que eu queria(fiquei parecendo a Maísa,bjs),minha maquiagem já estava derretendo,e meu vestido também,....ahn,num deu.
Tava com a auto-estima láááá em baixo.Odeio quando me sinto assim porque eu sei que sou bonita,hahuhuaha.e modesta,claro.

No salão,tudo muito lindo,chics,e vários quitutes gostosos.Comi horrores.
Estava tudo indo muito bem,quando chegou a hora de cantar 'parabéns'.

E aí começou:
''parabéns pra vocêe,
nesta data querida,
muitas felicidades,
muitos anos de vida!

(aí meu namorado,primo da aniversariante,gritou:
''e pra Thainara nada????
(e todo mundo:
''TUDOOO
(ele de novo:
''então como é que é??
(aí,caríssimos leitores,o salão ficou mudo,todo mundo parou de cantar e bater palmas e só eu eu meu namorado,na maior alegria:
''ÉÉÉ,É PIQUE,É PIQUE,É PIQUE É PIQUE É PIQUE''

cri cri cri.
Aí todo mundo riu,porque a gente continuou a cantar.
Eu e ele ficamos mor ''QQQQQQQQQ''
Então vocês já sabem: em Goiânia não se canta 'parabéns' até o fim,fikdik.
Passado o mico do parabéns,a festa continuou,.tals.
Curti.
Altos docinhos de leite ninho.Amei.q

Só um detalhe: enquanto eu tive que comprar o meu próprio perfume da Nina Ricci(200 reais,bjs),a aniversariante ganhou um.
¬¬'''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''

No resto do feriado,fomos conhecer um parque lá da cidade,e na segunda-feira conhecemos Pirenópolis.Uma graxinha de cidade! Muito fofa mesmo.O foda é que estava fazendo 42 graus.
morri.

Viemos embora na terça-feira,com mais 10h de viagem concluídas com sucesso.

O que eu tirei da viagem:

-gírias goiânicas(?): trem, paia, chinela, liquipaper
-o contra-ataque do 'ataque dos mil beijos' é: aperte o peitinho do adversário
-dramim=LSD
-o cerrado é como nos livros,é tudo muito retorcido
-o parabéns não é cantado até o fim
-ar seco se cura com uma toalha úmida,uma bacia d'água, e colo da namorada
-aparentemente fico uma delicinha de camisola cinza de malha
-continuo achando pizza doce+mussarela uma mistura nojentinha
-no aniversário de 15 anos da minha filha, o meu marido vai tocar ''sweet child o'mine'' ao invés daquela música do Rick e Renner
-funks goiânos são QQQQQQQQQQQQ
-lá o programa do Stop Four faz sentido
-na fronteira de Minas Gerais não tem nenhum pão-de-queijo gigante
-empadão é só uma empada grande
-não tem maçã-do-amor em Goiânia

É,acho que foi mais ou menos isso.
E,embora cansativo,sou a favor de conhecer o Brasil antes de conhecer a Europa.
Enton,viaje por aqui mesmo.
Muitos lugares bonitos com gente nem tão bonita assim.
Mas eu não ligo pra isso,eu tenho namorado,hauhauhaua
fikdik.

;D

7.10.10

e agora?

A música 'Somewhere over the rainbow' faz com que milhares de imagens venham à minha cabeça.
E eu adoro quando uma música faz isso comigo.
Dá vontade de ser feliz.
Dá uma sensação de 'vai ficar tudo bem,relaxa'.
E acho que vou precisar dessa sensação mais do que nunca.

Eu,em crise?
É,pode ser.Só pra não perder o costume,rs...
Não sei exatamente o porquê.
Deve ser essa angústia de fim de ano.
Tudo vai mudar.
E não,não gosto de mudanças..

Tá,ta,eu já li ''quem mexeu no meu queijo'',mas foda-se.
Sou assim e ponto.
Sofrer agora pra curtir depois? Não faz meu estilo,mas se assim tiver que ser, let it be.
Vai ficar tudo bem,eu sei.
Ou pelo menos finjo saber.
Preciso de algo pra me 'confortar'.

Se estou feliz?
Sim,acho que sim.
Se gostaria que fosse diferente?
Sim.
Se eu reclamo demais?
Sim.

Sei lá.
não sei como colocar em palavras.
o post vai ficar niuba.

Torcer para que o sofrimento seja 'amenizável'.
E,quer saber?
Estou falando de coisas que nem aconteceram ainda.
Mas fazer o que...?


Ouvir 'somewhere over the rainbow' pra sempre?  

5.10.10

literatura e música(e mais um pouco)

Outro dia me peguei pensando.
Eu não,meu professor de crítica literária na verdade,rs....
Ele comentou que a música e a literatura estão mais 'conectadas' do que uma ligação iônicaq.
Claro que ele não comparou com a química...essa foi uma metáfora minha,bjs.

O fato é: ele disse que muitos músicos teriam dado grandes poetas.
Vide letras de Steven Morrissey, Chico Buarque,Pink Floyd, Zeca Baleiro.
E N outras.
E muitas pessoas escutam tudo isso e são capazes de dizer 'não gosto de poesia'.
Hello-ou!!
Você escuta pura poesia.


E sou a favor dessa fusão entre as artes.
Acho que fica mais fácil aprender quando se faz na prática.
Poesia no teatro,por exemplo.
Fiz uma apresentação no meio do ano aonde todo mundo declamava poesias do Lorca.
E teve gente que disse 'noooofa,mas nem parecia poesia!'


Ok,eu confesso.
Não gosto de ler poesia.
Tá,eu até leio dependendo do autor.
Mas não sou muito fã não.


E é aí que entra a música e o teatro pra confundir tudo(positivamente falando).
Particularmente falando, eu fico estupefata quando escuto Chico Buarque.
O cara é homem e fala como se fosse mulher.
E fala isso de um jeito magistral.Brilhante.
Poeta.
E músico.


Eu e meu namorado,por exemplo.
Temos gostos diferentes.
Ele não gosta de ler e ama música.


Eu amo ler e amo música também,mas não exatamente a que ele gosta.
Mas se for ver, a gente tem mais em comum do que parece.
Enfim.


Sou a favor de misturar tudo.
Teatro,música,pintura,dança.
Não gosto quando as artes ficam isoladas,nos seus mundinhos.


E pra esse post não cair na redundância,
eu aconselho todo mundo
a se interar no mundo das artes,seja ela qual for.
Sério,uma vez que você tá dentro de alguma delas,
fica difícil viver sem.


Dorgas,manolos.


E acho que no fundo, o que eu queria dizer nesse post mesmo,
é que o que as pessoas precisam hoje,
é um mundo com mais cultura,com mais teatro,dança,pinturas,músicas.


Pessoas com cultura fazem a diferença.
Talvez não para o mundo,mas para si mesmas.
As pessoas se tornam melhores.
E com pessoas melhores,
talvez evitaremos um colapso nervoso mundial.


Então,
fikdik.
Não é preciso muito.
Comece devagar.
Gosta de música? que tal aprender um instrumento?
Teatro? quem sabe um curso livre de teatro,sem compromisso...
Gosta de ler? crie um blog que preste,diferentemente do meu,rs..


Hoje em dia, sabe por que os vloggers são famosos?
Ou então as comédias do tipo 'stand-up' deram tão certo?
Porque as pessoas que fazem esse tipo de coisa são,antes de tudo,informadas.
Sabem falar de tudo.
E se você quer ficar famoso fazendo qualquer coisa tipo isso,
informe-se!
Leia de tudo,ouça de tudo,veja de tudo.
Mas não dê uma de Felipe Neto, que acha que sabe das coisas e depois vem falar que é só um personagem,rs..
Quanto mais referências você tiver,maiores as chances de isso virar.


Calma,perdi o foco do post.


Ae.
Votou.




ENFIM
Alimente-se de cultura.
e ponto final.



4.10.10

o que faz você feliz?

Não sei vocês,mas não creio que a felicidade seja algo que se alcança e uma vez alcançada ela se estabeleça pra sempre.
Não estamos no mundo imaginário de Walt Disney.

Acredito na não-objetivação da felicidade.
Não existe um pacotinho escrito 'felicidade' que você acha depois do arco-íris ou numa sacolinha surpresa de uma festa junina.

Acho que a pergunta 'você é feliz?' é um tanto quanto utópica.
E uma vez que perguntamos 'você está triste' ao invés de 'você é triste',a pergunta 'você é feliz' não faz sentido.Pelo menos pra mim.
Porque,pensa comigo: ninguém é feliz a todo momento a não ser que você ganhe na loteria   e num só dia podemos passar do choro para o riso num piscar de olhos.Quem faz teatro comigo sabe do que eu estou falando,rs...

Assim, acredito que existam momentos de felicidade,assim como os momentos de tristeza,e acho que de certo modo,quando as pessoas dizem que estão à procura da felicidade, elas queiram dizer:quero mais momentos felizes do que momentos tristes.
Mas sei lá,é meio difícil.
É tudo muito complexo.

Meu ponto é: não,não sou feliz.Até porque o verbo 'ser' implica num estado imutável,como 'sou menina'.Se bem que hoje dá pra mudar até isso,mas enfim....vocês entenderam.
Sim,eu estou feliz.Assim como também estou muitas coisas ao mesmo tempo.Estou cansada,com sono,com preguiça.
No entanto eu digo 'sou apaixonada' ao invés de 'estou apaixonada'.Porque o verbo 'estar' soa para mim como algo,ahn,passageiro.E minha paixão nem é passageira,fikdik.

ANYWAY
Resolvi então fazer uma pequena lista daquilo que me faz feliz,mesmo que momentaneamente:

-ver alguém cair
-comer pizza na frente do computador e assistir Glee com o namorado
-ver antigas amigas minhas que eram gostosinhas há uns 6 anos se tornarem tremendas barangas
-ver um cachoro dormir
-fazer xixi depois de aguentar umas 5 horas com a bexiga cheia
-ouvir Backstreet Boys
-saber que minha irmã mais nova canta Chico Buarque
-saber que minha irmã do meio sabe matemática(porque eu nem sei)
-receber elogios pelas minhas comidinhas
-assistir House
-ver filme de terror de madrugada
-fazer teatro
-comer petit gateaut com as amigas,mesmo que o mesmo tenha gosto de queijo
-ainda rir de coisas que aconteceram há muito tempo
-guarda-chuvinha de chocolate hidrogenado
-pão de batata de catupiry
-ouvir meu vô contar de quando ele foi pescar no Pantanal
-tocar Restart no violão. não me matem,bjs 
-ler algumas linhas de um livro qualquer antes de dormir
-sair de sextas-feiras com meu namorado e ficar olhando pra ele sem dizer nada



aaaa
eu sei que tem mais coisas.
se eu lembrar eu edito o post de novo.
no mais,
pense naquilo que te faça feliz por alguns momentos.

ou não.
continue achando que a felicidade é algo que se alcança e ponto final e passe sua vida sendo um infeliz e não aproveitando todos os momentos dela.



bjos me liguem.

28.9.10

10 meses já?????

Vocês já devem estar cansados de ver nesse blog dois posts por mês que falam de algum aniversário de namoro ou etc.
Nem ligo.
Não é minha culpa que mais ou menos a cada 15 dias,eu e meu namorado temos algo a comemorar.
Eu gosto de comemorações.
Logo,
os posts continuarão.
E você não será redirecionado à outra página daqui a 15 segundos.
Se tal leitura não for do seu agrado, feche este blog e vá ler algo que preste.
*
enfim,sós.
sabe quando você come alguma coisa muito gostosa?
seja ela salgada ou doce.
ou quando você está com lombriga de alguma coisa, e quando você finalmente consegue saciar sua lombriga você se sente a pessoa mais realizada do mundo?
e até mesmo quando você pede alguma coisa pra São Longuinho e ele te atende?

pois é.
eu me sinto mais ou menos assim.
claro que em maiores proporções,rs...
e não é querendo dar uma de jovem apaixonada de romancezinhos franceses,mas é que, por mais que eu tenha a péssima mania(aprendi com House,bjs) de olhar tudo de maneira crítica e pessimista e analítica, meu amor é infinitoq.

e não é também querendo entrar em questões que todo mundo insiste em falar de que 'a ciência explica o amor', 'o amor acaba sim', 'nada dura para sempre', 'o primeiro namorado é um treino para os próximos', 'vocês são jovens', 'todo mundo muda', 'a traição é inevitável', 'namorar a distância não dá certo', 'amar é se iludir', e bla bla bla bla bla bla bla bla bla bla bla.
bla.

que saco,cansei de ouvir isso! porque as coisas sempre têm que ter um fim triste?
e não me venham com essa de 'mas é verdade,é o que acontece,é a realidade'.
não,não é a realidade.
na realidade tem de tudo.
os que dão certo e os que não dão certo.
então pessoas,guardem suas teorias de que um relacionamente nunca acaba bem!
não quero mais ouvir esse tipo de coisa.
se eu tiver que quebrar a cara,isso vai acontecer,seja com 10 meses de namoro ou com 10 anos de casado.
decepções ocorrem a todo momento,mas não vou acabar com um namoro porque eu não sei lidar com elas.
não vale a pena.

acho que no fim,
o que eu quero dizer é que:
não me importo mais com as opiniões da minha família,dos meus amigos, e de todos que me rodeiam.
não vou mudar.
sou assim,
uma taurina completamente apaixonada e feliz.
e ponto final.

ele já sabe disso,
mas eu tenho a necessidade de verbalizar e escrever quando sinto que preciso.
Durante esses 10 meses,
eu vivi com você coisas que achava que nunca iria vivenciar.
eu ri de coisas que antes não tinham graça.
eu desenvolvi certas habilidades.
eu melhorei meu caráter.
eu elaborei teorias malucas do tipo 'o morcego é o único mamífero que voa porque ele dorme de ponta cabeça'.
eu fiz um jantar.
eu passei a deixar meus pés sempre à la Cinderela.
eu voltei pra academia.
eu,competitiva³,quis treinar mais violão

aaaaaa
é muita coisa,sério.
e lembrar das brigas(e perceber que a gente brigou por coisas idiotas)
e da nossa primeira foto de beijinho
e de quando,no começo da nossa pegação,uma amiga do cursinho disse 'isso ainda vai virar namoro'
e de quando eu incentivava a minha irmã a ficar com você(eu,mongol,bjs)
e do buquê de aniversário
e das minhas cartas intermináveis
e do meu cartão homossexual de Dia dos Namorados
e de ver um monte de coração vermelho explodindo e mais um montão de papéis em formato de coração girando no ar e cobrindo o chão
e do Natal mais feliz que eu já tive,ao ver sua mensagem 'eu também te amo'.
e do Ano-Novo mais feliz ainda,quando a gente se abraçou....
*
sério,
é muita coisa.
e esse post já está gigante.
Eu te amo pra sempre.
E você sabe.
;*

22.9.10

10 mitos teatrais

Okeis galera.
Eu faço teatro há uns 3 anos e meio.
Daqui a pouco tiro diploma em artes cênicas.
Brinks,nem tiro.
Mas fiz teatro tempo suficiente para perceber que há ainda muito preconceito tanto pra quem vê pessoas que fazem teatro quanto para os próprias pessoas que o fazem.
Resolvi então tentar desmistificar algumas 'observações' que ao longo desse tempo todo de curso eu ouvi gente falando....

1)No teatro só tem putaria
Hmm,mito.
Que mania as pessoas têm de achar que as aulas de teatro são regadas à vinho,orgias e danças em volta de uma estátua de Dionísio.Não é assim,porra! as aulas de teatro são normais,sem psy e pegação.
A diferença é que lá, a gente aprende a olhar pro outro como um ser igual à nós mesmos.É só um corpo,e todo mundo sabe que mulheres tem peitos e homens tem pintos.A gente aprende a não ver pornografia em tudo.E isso todo mundo deveria saber fazer.Aprendemos a realmente dar valor aos nossos corpos,afinal,o corpo é um dos instrumentos de trabalho de um ator.Não vou mentir,e claro que alguns exercícios e cenas exigem que se perca a vergonha e que se toque no outro,mas sem malícia(salvo os textos de Nelson Rodrigues e afins)

2)Pra fazer teatro é preciso ser mega extrovertido
Mito.E dos grandes ainda.
Muitos vão ao teatro justamente para se tornarem pessoas mais abertas,sociáveis e tudo mais.Nem sempre isso acontece.Mas posso afirmar que,ao final de um curso de teatro,as pessoas ainda podem ser tímidas,mas é uma timidez 'melhorada'.

3)Pessoas mais extrovertidas se dão melhor
Mito também.Conheço gente extrovertida mas que não se dá com o teatro porque não tem responsabilidade,compromisso ou que esteja afim de suar a camisa.

4)Alunos de teatro se acham Os caras
Meio mito.Tem de tudo,gente.Desde aquele que usa boina,calça de linho,camisa de algodão e bolsa de crochê atéé a mais patricinha.Aí vai de cada um.Não acho legal quem fica 'mostrando' que é aluno de teatro só pra se mostrar,como se isso te fizesse melhor do que outro.

5)É preciso ter memória boa
Verdade.Claro,né? Como sua avó espera fazer teatro se ela tem Alzheimer?
Ninguém precisa ser um HD externo ambulante,mas é preciso sim ter certa facilidade para decorar texto.E nem é tão difícil quanto parece,já que você vai decorar as suas falas,por exemplo,e não as fórmulas de trigonometria.

6)Pessoas de teatro tem como único objetivo se tornarem atores da Globo.De preferência fazendo Malhação.
De novo,é meio relativo.Tem sim muita gente que entra e diz 'quero fazer teatro pra trabalhar em Malhação'.Mas,dependendo do curso(a maioria é chamado de 'curso livre de teatro'),os objetivos variam e vão desde: 'quero perder o medo de falar em público' à 'quero ganhar o Oscar de melhor atriz'.

7)É preciso dom para fazer teatro.
Mito.Como disse Fernanda Montenegro,''fazer teatro é 1% inspiração e 99% expiração''.OU SEJA.
É preciso suar MUITO pra ser um bom ator,e não ficar sentado declamando monólogos de Shakespeare achando que está arrasando,rs.

8)Pra se dar bem é preciso ligar o botão do FODA-SE.
Verdade.De quê adianta querer fazer teatro se você tem medo do que os outros vão dizer? Ou medo de achar que está fazendo errado ou então que a sua atuação é uma merda?
No teatro não existe uma verdade absoluta,e não é pra ter medo de errar.
Como diz meu professor ''erre mais,erre sempre e erre melhor''.

9)Rola muita inveja entre os atores de um grupo.
Hmm,depende.Sempre tem aquela competiçãozinha(?) pra ver quem fica com o papel principal.Muitas vezes os atores acham que só vão ter sua chance de brilhar ao pegar o papel principal.Mas o que ocorre é que muitas vezes,atores com papéis menores acabam roubando a cena.Então,não faz sentido querer ser a estrela da peça se você não tem um bom trabalho corporal e vocal e tudo mais pra poder interpretar direito a personagem.Fikdik que,não importa o papel que você faça.Faça dele O papel da sua vida e dê o seu melhor.

10)Peças caras são melhores
Mito³.Costumo categorizar as peças caras em duas: aquelas que são caras porque tem ator da Globo e aquelas que são caras porque são MUITO fodasUltimamente só vi peça que era cara porque tinha ator famosinho fazendo.E,tirando os 90 reais que eu paguei pra assistir ao musical d'O fantasma da Ópera,acho que nunca paguei mais do que 25 reais pra assistir alguma peça.Sem contar o fato de que,as melhores peças que eu vi não passavam dos 10 reais.


É,acho que consegui fazer um post mais ou menos útil.
Ou não.
E pra finalizar,eu grito pra quem quiser ouvir: fazer teatro é uma delícia e todo mundo deveria fazer.Não importa se seus objetivos na vida não tenham nada a ver com a vida nem tão glamourosa de ator.
Mas o teatro faz com que as pessoas adquiram maiores noções de responsabilidade,comprometimento,pesquisas e o mais importante, deixa a sua imaginação falar mais alto e espanta(pelo menos durante as horas de aula) tudo aquilo que tá apertando no peito.q
No teatro não há limites.Você pode ser quem você quiser.Assumir as mais diversas facetas da sua personalidade,e isso é muito legal.
;D

16.9.10

Estava escuro quando o fazendeiro saiu de sua casa e foi até o estábulo para procurar uma ferramenta qualquer.
Como não havia luz elétrica no lugar, ele havia trazido sua lanterna,daquelas bem grandes e que produzem um reflexo muito forte.
No mesmo estábulo, um pequeno vaga-lume saía a procura de uma fêmea.Era a época ideal, e o vaga-lume sabia que ele não tinha mais muito tempo,afinal,vaga-lumes não vivem muito,certo?
Ele piscava fracamente sua luz,na esperança de ter alguém de sua espécie para que assim ele não morresse sem antes ter tido a certeza de que sua vida não fora em vão.
''Se bem que a vida de um vaga-lume não é lá muito significativa''-observou o pequeno inseto ao sobrevoar por cima dos cavalos que já estavam dormindo.
O lugar parecia ideal: vários animaizinhos noturnos,desses que os adultos nem prestam atenção e vão logo pisando.Chegava a ser mágico! Vários deles,de todos os tamanhos,formatos,tomavam conta do estábulo,e por mais pequenos que fossem, eles pareciam gigantes,explorando todos os cantos do lugar,andando velozmente entre as ferramentas,entre o feno dos cavalos e as madeiras expostas do telhado.
Então,ele a viu.Linda,brilhava mais do que o sol.Movia-se rápida,explorando e fuçando em tudo!
''Que atrevida!'' - exclamou o vaga-lume. ''Mas eu gosto de vaga-lumes assim'' - ele se corrigiu em seguida.
A luz não titubeava,e seus movimentos eram alternados:ora rápido,concentrado em alguma coisa, e logo depois mudava de foco.
Sem pestanejar,o vaga-lume foi atrás dessa luz,tentando se exibir ao máximo.Fazia piruetas no ar, desfilava por entre os telhados.Tudo na esperança de que ela o notasse.Porém,ela parecia nem ligar.Quanto mais alto ele voava,mais baixa a luz de sua amada ficava.
''Ela não me quer,deve ter visto outro vaga-lume'' - iludiu-se o pobre bichinho.
Então,contrariou todo o seu jeito de ser e resolveu chegar até a luz e declarar-se para ela.
Tinha medo da rejeição,mas sua fascinação era tão grande e o que ele sentia era tão deliciosamente inexplicável, que ele assim o fez.
Ao tomar essa atitude,começou a voar para a luz,cada vez mais perto.
Porém,a cada espaço que ele avançava,a luz ia ficando mais fraca,chegando a falhar.
''Será que ela está doente?"
Não se importou.Precisava falar como se sentia.
Mas a luz começou a falhar com mais frequência.
''Droga,não acho minha ferramenta e ainda pego uma lanterna com as pilhas fracas'' - esbravejou o fazendeiro.
E assim,ele desligou sua lanterna e foi pra fora do estábulo pisando duro.
O vaga-lume,ao ver que a luz havia sumido,não sabia o que fazer.Sua dor foi tão grande que ele adoeceu no mesmo momento.Sua amada estava morta.Não iria mais se acasalar.Ele iria morrer sem deixar descendentes.
Mas isso eram fatos pequenos comparados ao estado do animalzinho.
Ele sofria de amor.
Um amor que logo que surgiu,se foi.
E naquela mesma noite o vaga-lume morreu,e se juntou às estrelas para iluminar o céu.
Então é mais ou menos assim: a gente nasce,cresce,se reproduz e morre.
Procede?
Procede.

Na verdade nem sei qual é o cerne desse meu post.Talvez não haja um.
Ou simplesmente eu me apoie na ilusão de que se for pra ser,será.Q
Há algumas semanas,
calma.

Há alguns meses,
pera,calma de novo.

OK.
Desde que eu comecei a namorar eu percebi o quão difícil pode ser conseguir levar adiante algo que faz com que você acorde todos os dias pensando nessa pessoa.
Se fosse fácil se relacionar, não haveria registros de guerras durante a história da humanidade,rs..

MAS,
infelizmente há.
Conseguir passar por cima de pontos de vistas diferentes,
conseguir deixar de lado o orgulho,a possessividade,o ciúmes, a competitividade,
muitas vezes exige de ambos os lados uma força que, como diria um professor de teatro,''é a mesma força que fazemos quando estamos com vontade de fazer cocô e precisamos segurar''.
muito sábio esse meu professor.

Posso estar falando besteira,
pois meus braços estão cobertos de água oxigenada e pó descolorante.
e o cheiro é um tanto quanto 'confuso'.

O ponto é:
eu não ligo o quão difícil pode vir a ser.
não me importo se vou ter que sacrificar N coisas na minha vida.
4 anos não são nada em relação a uma vida inteira.

O que eu sei,
e só o que eu preciso saber,
é que você me ama tanto quanto eu te amo.

Pois como diz a Xuxa em 'lua de cristal' : ''tudo que tiver de ser,será''.
muito sábia essa Xuxa também.

E esse foi mais um post WTF.
foda-se.
o blog é meu,a vida é minha
haiuhiauhaiuhaiuha

brinks.
mas é que precisava deixar isso aqui registrado.
prometo que posto com mais frequência nisso aqui.

XD

13.9.10

7 meses de....

É,agora é oficial.
7 meses de namoro.
E,embora eu e meu namorado nem considerarmos direito esta data(porque é mera formalidade),nós ainda comemoramos.
Não com viagens ao exterior ou jantares em restaurantes chiquesq.
Mas com algumas horinhas juntos,lembrando de como tudo começou,rs...

Na verdade nós dois REALMENTE contamos o tempo que estamos juntos(9 meses e uns dias).
Enfim...

*

foram 7 meses:
de brigas
discussões
dramas
mal-entendidos
esquecimentos
desentedimentos
orgulhos
perfeccionismos
ciúmes


aí quem lê fala ''AFFS,POR QUE VOCÊ NAMORA AINDA SE VOCÊS SÓ PASSARAM POR COISAS RUINS?''
aí eu digo ''calma,não acabei de fazer o post! RS''
até porque,nenhum relacionamento são só flores.

mas também,foram 7 meses de:
muitas risadas
pegações
teorias idiotas mas cientificamente comprovadas
jogos de Wii
viagens
experiências loucas
degustações
novos círculos de amizades
parcerias musicaisq
Backstreet Boys no violão
cinema
esfihas
mais efihas
e mais algumas esfihas(né?? hauhauhauha)
milk-shakes
mais milk-shakes(aham...^^)
festas
mc donalds

*
e,o mais importante,
amor.
muito,mas muito amor.
e tá,tá,eu sei que uma relação não sobrevive só de amor,
mas acho que todo mundo concorda que ela deve ser a base.
e bem grande.

além do amor,
muita compreensão
paciência e tolerância.

e embora as brigas ainda ocorram,
acho que agora 'peguei' o jeito da coisa e vi que não adianta brigar.
e felizmente acho que amadureci nesse quesito.
conversando tudo se resolve,
né Paixão?

Te Amo.
E Muito!!